Ir para conteúdo principal
Telefone1(51) 3718-1222 Whatsapp(51) 9985-10387

Ir para conteúdo

Prefeitura
Acompanhe-nos:
Facebook
Twitter
Youtube
Instagram
EnfeiteAGENDA DE EVENTOS

  • Abril 2018
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
EnfeiteDÊ SUA OPINIÃO - Veja outras enquetes
Em qual secretaria o Município de Vera Cruz deveria investir mais?
Saúde.
Educação.
Cultura.
Nossa Cidade »
Principal   Nossa Cidade   Infraestrutura

Mais veículos em circulação
A frota de veículos em Vera Cruz cresce a cada ano, fruto da expansão do município e do poder aquisitivo dos moradores. Com base em dezembro de 2012, a frota ultrapassa os 12 mil veículos, segundo estatística do Detran/RS. De 2004 até 2012, a frota cresceu em 5.302 veículos. A maior parte da frota é representada por automóveis, chegando próximo das sete mil unidades. Em 2009, por exemplo, o número de automóveis era de 5.479, quase 1,5 mil a menos do que em 2012.

E condutores também
Vera Cruz possui 9.008 condutores habilitados, segundo estatísticas do Detran/RS relativas a dezembro de 2012. Os homens lideram este índice, somando 6.139 motoristas. As mulheres totalizam 2.869 pessoas habilitadas a dirigir. Na segmentação por faixa etária, a maior fatia dos motoristas está em idade entre 26 e 30 anos. De 2001 para 2012, Vera Cruz teve o acréscimo de 4.576 condutores.


Localização estratégica
Distante 166 quilômetros de Porto Alegre, Vera Cruz está em localização privilegiada no estado do Rio Grande do Sul. Como um dos municípios de destaque da região do Vale do Rio Pardo, localiza-se a uma latitude 29º42’53” sul e a uma longitude 52º30’20” oeste, estando a uma altitude de 68 metros em relação ao nível do mar. É limitado a norte por Sinimbu, a leste por Santa Cruz do Sul, a sul por Rio Pardo e a oeste por Vale do Sol e Candelária.
Chama a atenção que Vera Cruz é cercado por acessos asfaltados, o que facilita o escoamento da produção do campo e o que é beneficiado na cidade. Além da ERS-409, que foi recapeada ao longo do bairro Bom Jesus e ruas centrais da cidade e se prolonga no novo asfalto construído na localidade de Rincão da Serra, outro acesso importante é pelo trevo da RSC-287, que passa pela empresa Kopp Tecnologia. Mas com as obras da RSC-471, que posteriormente recebeu outras denominações em cada trecho, mais estradas asfaltadas cortam Vera Cruz e propiciam diferentes acessos aos moradores e visitantes, inclusive demonstram nova perspectiva de atração de empreendimentos. 
A ERS-412, por exemplo, passa pelas localidades de Linha Henrique D’Ávila, Linha Capão e Rincão da Serra, enquanto que a RSC -153 passa pela localidade de Ferraz em direção a Vale do Sol.

Habitação
A construção civil é um segmento aquecido em Vera Cruz e reflete na proliferação de loteamentos, na disseminação de casas, na oferta de serviços e na economia do município. De 2005 até 2012, o Departamento de Engenharia e Fiscalização da Prefeitura de Vera Cruz contabilizou 2.317 projetos aprovados para novas construções ou ampliações no município. Os acessos facilitados e a proximidade com a vizinha Santa Cruz do Sul, a qualidade de vida e facilidade em obter financiamentos são atrativos para o aumento do número de moradores em Vera Cruz.

Energia elétrica
Vera Cruz é atendido pela concessionária de energia elétrica AES Sul, que possui, no município, um total de 9.647 clientes. A classe residencial domina o serviço, com mais de seis mil clientes. Depois vem a classe rural e a comercial como as principais fatias de consumidores de luz de Vera Cruz. Em volume de consumo, os clientes residenciais, que são maioria, respondem pela maior quantidade, seguidos pela rural e industrial. No ano de 2012, no município, o consumo foi de 38.404.314 kilowatt/hora. Em 2009, o total havia chegado a 31.850.419 KWh.

Água
Um dos motivos de orgulho aos vera-cruzenses é o sistema municipalizado de água. Todo o  sistema de abastecimento público de água e coleta de esgoto é de responsabilidade da Prefeitura Municipal, sendo executado pelo Serviço Municipal de Água e Esgoto (Semae), que está vinculado à Secretaria de Obras e Saneamento. 
A Prefeitura, por meio do Semae, tem hoje 100% da população urbana e 94% da população rural do município atendida pelo abastecimento. A Estação de Tratamento de Água produz hoje 40 litros/segundo e a capacidade após as obras de ampliação será de 120 litros/segundo.


Para garantir o futuro
Como o sistema de abastecimento em Vera Cruz estava operando no seu limite, devido ao crescimento habitacional verificado ao longo dos últimos anos, o município tem trabalhado para garantir a distribuição de água pelas próximas três décadas. Está em obras o projeto que prevê o aumento da capacidade de captação e adução de água bruta, além da reservação e distribuição da água tratada. O investimento inclui a rede para captar água do Rio Pardinho, na Linha Borges de Medeiros, e, com a transposição, levar ao poço de bombas em Linha Andréas, e dali para a Estação de Tratamento de Água (ETA), que faz o tratamento. São 4.320 metros do Rio Pardinho a Andréas e mais 3.325 metros dali até a ETA, em adutoras de 350mm.
Outra etapa contempla a construção de mais um reservatório junto à ETA, com capacidade para 2 milhões de litros, além de uma adutora de 300mm para a água tratada que vai ligar o reservatório ao bairro Cipriano de Oliveira e Boa Vista, com a finalidade de setorizar a distribuição de água, dando qualidade e autonomia ao abastecimento das partes altas da cidade, e assim resolvendo antigos problemas devido à perda de carga ou falta de pressão da rede. 
Na parte leste da cidade, no bairro Bom Jesus, o investimento é em um reservatório para 250 mil litros e uma rede adutora de 200mm, de 1,9 mil metros, que vai ligar a antiga hidráulica à Caixa D’Água central , substituindo a rede atual, que tem mais de 50 anos. Esta adutora servirá de recalque de água até o centro como também para distribuição de água ao Bairro Bom Jesus. Já o novo reservatório junto à hidráulica permitirá explorar novos poços naquela região, a fim de potencializar este sistema ampliado.

Lixo
Até abril de 2012, a coleta do lixo em Vera Cruz era realizada unicamente por uma empresa terceirizada. Neste segmento, o município avançou ao implantar a coleta seletiva do lixo, com a dedicação dos catadores vinculados à Associação Comunitária de Catadores e Trabalhadores do Lixo (Acotrali), responsável por realizar todo o trabalho de separação e reciclagem dos materiais. Em um ano de coleta seletiva em Vera Cruz, o projeto arrecadou cerca de 80 toneladas de lixo reciclável. O recolhimento de materiais como vidros, metais, papéis e plásticos, que estão devidamente separados do lixo orgânico, começou de forma gradual nos bairros em formato experimental. Neste primeiro semestre de 2013, a coleta seletiva, já atuando em todos os bairros de Vera Cruz, ultrapassou as 43 toneladas de lixo seco recolhido.
Além da coleta seletiva, o município mantém o recolhimento feito por empresa terceirizada três vezes por semana no perímetro urbano, e no interior ocorre uma vez por semana, a cada quinzena ou mensal, conforme cronograma de cada localidade. Os resíduos desta coleta são destinados ao município de Minas do Leão, onde são depositados em local licenciado. Em 2012, por exemplo, a empresa coletou, transportou e destinou ao aterro o equivalente a 3.223.34 toneladas de lixo, o que demandou um investimento de R$ 664.235,93 pelo Município.

Comunicações
Para unir e conectar a população, diversos  são os meios de comunicação e serviços. A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) informa que a telefonia fixa em Vera Cruz abrange 98 telefones públicos e 2.422 individuais, com ampla maioria localizada na sede da cidade.
A agência dos Correios, localizada no centro de Vera Cruz, entrega diariamente 3.500 correspondências simples, 300 correspondências registradas e 200 encomendas expressas. Como não há  postos de entrega no interior, as correspondências ficam na agência central aguardando a retirada pelos destinatários. Em média, 20% de tudo o que é recebido pelo Correio de Vera Cruz é destinado às localidades do interior.
Quando se fala em comunicação, também a mídia deve ser relacionada. Em Vera Cruz, o primeiro veículo que surgiu foi o Jornal ARAUTO, fundado em 1986. Em 2011, o grupo ARAUTO cresceu com a implantação da rádio Arauto FM, com prefixo 95,7, que abrange a região dos vales do Rio Pardo e Taquari. Vera Cruz também conta com uma sucursal do jornal Gazeta do Sul e com a Rádio Com.

Fonte: Jornal Arauto - Guia Socioeconômico 2013

 

 

« voltar

 
Mapa Avenida Nestor Frederico Henn, nº 1645 - Centro
CEP: 96880-000 | Vera Cruz / RS
Telefone Telefone para Contato:
(51) 3718-1222
Atendimento Horário de Atendimento:
Segunda a sexta-feira das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h
RECEBA OS INFORMATIVOS DA PREFEITURA
© Copyright Instar - 2006-2018. Todos os direitos reservados. Instar Internet Logo Instar
Seta
icone instar © Copyright Instar - 2006-2018. Todos os direitos reservados.