Ir para conteúdo do site

Ir para conteúdo

Vera Cruz / RS
Acompanhe-nos:
Facebook
Twitter
Youtube
Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAR
07
07 MAR 2017
GABINETE PREFEITO
Extinção de secretarias vai gerar economia de quase R$ 3 milhões

O trabalho realizado nos dois primeiros meses de mandato do prefeito de Vera Cruz, Guido Hoff, trará uma economia total de R$ 2.812.449,00 em todo o mandato. O valor se refere a redução de gastos com salários de secretários municipais, a partir da junção de pastas. Administração e Desenvolvimento Social foram incorporadas ao Desenvolvimento Econômico e Esportes e Lazer passaram para a Cultura e Turismo. Com três cargos de secretários suprimidos, o número de pastas foi reduzido de 10 para sete. Destas, quatro são ocupadas por servidores de carreira. Com isso, o município deixa de pagar o salário para o qual o servidor é concursado e arca com o vencimento de secretário, gerando essa economia de mais de R$ 2,8 milhões nos próximos quatro anos.

Em relação aos cargos de confiança, os CCs, a redução no número de funcionários segue sendo estudada pela atual gestão. A restruturação administrativa já conseguiu extinguir cargos de confiança com salários mais elevados e desmembrou outros, com o objetivo de ampliar a oferta de serviço. “As secretarias precisam manter uma estrutura que atenda a demanda atual de serviços. Cada secretário está verificando dentro das suas estruturas o número necessário de servidores para que esses atendimentos sejam realizados da melhor forma”, explica o secretário de Administração e Desenvolvimento Econômico, Leandro Wagner.

A proposta já diminuiu de 81 para 76 o número de CCs. A comparação é entre novembro e fevereiro, já que no penúltimo mês do ano passado houve muitas demissões e em janeiro deste ano diversas contratações. Em termos gerais, a prefeitura tem atualmente 776 servidores, contra 791 de novembro. A redução se deve pelo fato de terem sido contratados menos professores, de 38 em 2016 o número passou para 15 neste ano. Além disso, o município nomeou sete concursados. A folha de pagamento em novembro do ano passado era de R$ 2.343.797,77. No segundo mês de 2017 o valor foi de R$ 2.330.482,00. No caso dos CCs, a folha somava em novembro 222.822,86. Em fevereiro o valor reduziu para 216.833,72.

“Estamos cumprindo com a promessa de valorização dos servidores e do enxugamento da máquina administrativa. Esse objetivo vai ser perseguido durante os quatro anos, avançando conforme as necessidades”, analisa o chefe do Executivo. Hoff está satisfeito com o andamento do trabalho. “Nesses 60 dias iniciais estou muito contente com o dinamismo e a integração das secretarias. A motivação extraordinária do funcionalismo se traduz a cada dia que passa em um ambiente mais alegre e com atendimento exemplar ao contribuinte”, exalta o prefeito. Ainda conforme ele, a junção de secretarias também gera economia com aluguel. Pelo menos dois imóveis serão entregues nos próximos dias, reduzindo para sete o número de prédios locados. Com isso, nos quatro anos do mandato, o município deixará de pagar R$ 171.916,80 em aluguel de imóveis. 

Fonte: Núcleo de Comunicação Social
Informativos da Prefeitura
Cadastre seu e-mail para receber novidades diariamente
Avenida Nestor Frederico Henn, nº 1.645 - Centro CEP: 96880-000 Vera Cruz / RS
Telefone para contato:
(51) 3718-1222
Segunda a sexta-feira das 7h30 às 11h30 e das 13h às 16h
Seta
Copyright Instar - 2006-2020. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia