Ir para o conteúdo

Vera Cruz / RS
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Youtube
Rede Social Instagram
Rede Social WHATSSAP
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
ABR
19
19 ABR 2021
SECRETARIA DE SAÚDE
Saúde organiza mutirão contra a dengue com apoio do 7º BIB

O combate ao mosquito aedes aegypti no Município de Vera Cruz vai ganhar um reforço no próximo sábado (24). A Secretaria de Saúde realiza um mutirão com a participação de servidores da Vigilância Sanitária, Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Endemias, cargos em comissão da prefeitura e com apoio de militares do 7º Batalhão de Infantaria Blindado – BIB, de Santa Cruz do Sul. A ação ocorre entre 13h30 e 16 horas em diversos bairros.

Recentemente foram encontradas larvas do mosquito em todos os bairros da área urbana de Vera Cruz, em maior número no Centro, Leopoldina, Araçá, Imigrantes e Arco-Íris, que está com caso positivo de dengue e com índice alto de infestação. Com a confirmação de dois casos e a suspeita de diversos outros sendo investigada, o Município tem realizado várias ações e intensificado atividades de orientação e conscientização, uma vez que municípios da região também já confirmaram a presença de larvas e inúmeros casos de dengue, incluindo um óbito.

De acordo com a Secretária de Saúde, Clair Tornquist, as equipes da pasta ganharam reforço para vistoria e eliminação de criadouros em residências e estabelecimentos comerciais. “A Secretaria de Educação irá nos auxiliar fazendo a entrega de material informativo junto às atividades domiciliares, para reiterar a necessidade de conscientização da população também no interior, onde também já existem casos suspeitos. E agora faremos o mutirão para chamar ainda mais a atenção da comunidade para essa questão”, projeta Clair.

O coordenador da Vigilância Sanitária, médico veterinário André Mello Sant’Anna, alerta que Vera Cruz é considerado infestado pelo mosquito da dengue pelo Levantamento Rápido de Índices para Aedes Aegypti – LIRAa. Segundo ele, as larvas são analisadas no laboratório próprio da Vigilância o que facilita o trabalho. “Mas, para que as larvas não sejam encontradas, é preciso eliminar água parada, que normalmente fica acumulada em ralos, pneus, garrafas, calhas, plantas e outros objetos, especialmente os que juntam água da chuva”, orienta Sant’Anna.

Autor: Josiléri Linke Cidade
Seta
Versão do Sistema: 3.1.0 - 07/06/2021
Copyright Instar - 2006-2021. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia